A retomada do prazer sexual da mulher após o parto

casal

Depois de nove meses de tanta espera e expectativa, nasce o bebê! Isso é motivo de muita alegria para toda a família  e amigos! Mas depois de toda a novidade…vem a nova rotina com os cuidados com o filho. Depois de algum tempo, é hora de retomar o trabalho, os amigos, a vida social … e o sexo como fica? Bem, retomar a vida sexual após o parto, é uma experiência muito delicada para muitos casais.

O puerpério normalmente tem a duração de 6 meses. É nesse período que a mulher retorna àquelas condições físicas, hormonais e psicológicas que tinha antes da gravidez. Após o nascimento do bebê  é recomendado que a mulher aguarde  aproximadamente  40 dias para voltar a ter uma relação sexual com penetração. É a famosa “quarentena” ou resguardo. Esse período é marcado por uma grande mudança na rotina: a experiência do aleitamento, os cuidados com o bebê, as modificações do corpo, as noites mal dormidas… Tudo isso interfere no comportamento sexual feminino. De modo geral, ela acaba dirigindo toda a sua atenção para o recém-nascido, diminuindo ou até mesmo perdendo, o interesse pelo parceiro. Além do mais, há um aumento na produção de prolactina levando a diminuição do desejo sexual. Paralelo a isso, ocorre uma série de alterações físicas: a vagina fica mais seca, com dificuldade de lubrificção, os pontos doem, as mamas ficam muito sensíveis, produzem leite, a barriga fica mais flácida e o peso ainda continua acima do ideal. Toda essa mudança gera sentimentos de insegurança, medo e ansiedade que refletem na vivência sexual do casal.

Mas não é só a mulher que passa por um período de crise, o homem também. Com a chegada do bebê, ele assume um novo papel: o de pai. Além do mais, para muitos homens a maternidade faz com que eles passem a enxergar a mulher como santa, portanto, assexuada. Em nossa sociedade patriarcal a visão de “sexo pecado” entra em choque com a pureza que sempre foi associada a figura materna. Também é comum eles se sentirem abandonados pelas mulheres. Existem ainda, aqueles homens que ficam impressionados ao verem a cabeça do bebê passando pelo canal vaginal na hora do nascimento em um parto normal. É bom saber que um parto normal bem assistido não provoca sequelas permanentes na região vaginal. A vagina tem músculos que precisam ser trabalhados e fortalecidos com exercícios específicos antes e depois  do parto.

De modo geral, espera-se que um ano após o nascimento do bebê, o casal já tenha recuperado a frequência sexual do período pré-gravídico. O homem exerce um papel muito importante nessa retomada. Ele deve lembrar que sexo não é só penetração. Portanto, ser paciente e  carinhoso vai ajudar muito nesse momento. Beijos e carícias podem excitar bastante a mulher. Retomar os momentos a dois e namorar com certeza facilitará também a retomada de uma vida sexual prazerosa. E assim será mais fácil ela reassumir seu papel de mulher sedutora e sensual com muito prazer! Mesmo sendo mãe…  É possível. Experimente!

 

 

silvana melo
Silvana Melo é sexóloga e educadora sexual. Contato: silvanamelo@uol.com.br
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s